Associação Gaita-de-Foles A.P.E.D.G.F. APEDGF
Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles - Portuguese Bagpipe Society .'.
gaita - bagpipe - cornemuse - zampogna - dudelsack - bock - gaida - phìob - biniou - mezoued -zucra - duda - pipe - sackpipa
  Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola | Comprar | Orquestra de Foles Documentos  | Contactos

« Principal « Um Mundo de Gaitas « Bodega
Um Mundo de Gaitas
Gaitas de Fole de todo 
o Mundo...
História
Origens, expansão, diversidade...
Gaita-de-fole em Portugal
Distribuição, tipos, contextos...
Morfologia
O que é uma
Gaita-de-fole?...

  
  
 
  
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)

Bodega ou Craba
Languedoc, sul de França


Tocadores de Bodega (foto: cortesia J.L. Matte)

Languedoc
(França)

O instrumento é igualmente designado por “craba” (cabra) em occitano, que é a língua falada na região onde ele é utilizado. 
Tal deve-se certamente ao facto de ser a pele daquele animal que é usada no fole.
A Bodega possui um bordão (“bonda”) de aspecto maciço, que se apoia no ombro esquerdo do tocador e que afina duas oitavas abaixo da tónica do ponteiro; por vezes vai decorado de franjas ou rendas coloridas, fazendo lembrar as franjas das gaitas Galega, Asturiana e Transmontana. 

As buxas do soprete (“buffet”) e do ponteiro (“graïle”), e nalguns casos, a campânula do mesmo e a copa do bordão, também são decoradas desta forma. O fole é feito com a pele de animais adultos e por isso é extremamente volumoso, sendo nalguns casos apertado contra o peito do tocador; o tubo insuflador assenta directamente no centro da pele mediante a inserção numa buxa (com um buraco feito para o efeito) e as patas são tapadas com dois tocos de madeira (como a Mezoued tunisina, por exemplo). 

Exemplo de Bodega (foto: cortesia Museu da Gaita de Xixon, Astúrias)

O formato do bordão partilha semelhanças extraordinárias com a Gaita Transmontana; note-se todavia, que ao contrário da transmontana, o fole não é atado no extremo inferior – antes leva um disco de madeira, atado com fio, que tapa o buraco traseiro resultante do esfolamento do animal (tal como a Boha francesa, por exemplo).
O ponteiro tem uma perfuração cónica bastante larga e palheta dupla de cana, emitindo um volume de som notável. A sua afinação é Fá e possui uma décima segunda de gama (uma oitava e meia). A digitação utilizada é aberta, mas a Bodega permite digitação cruzada para a maioria dos meios-tons (um pouco à semelhança das gaitas galegas modernas). Também possui uma sensível de meio-tom. 
É comum que o instrumento seja tocado em dueto com a gralha, tal como a dupla Biniou / Bombarda na Bretanha. Os contextos mais usuais da sua utilização eram as arruadas e festejos populares, designadamente os carnavalescos.

Bodega (429kb)
Excerto de Bodega tocada por C. Alexandre.




Associação Gaita de Foles, 2003 - Direitos Reservados

 


Início | Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola de Gaitas |
Comprar | Orquestra de Foles | Documentos | Equipa | English  | Links | Contactos
Powered by RRMerlin

Associação Gaita de Foles - direitos reservados