Associação Gaita-de-Foles A.P.E.D.G.F. APEDGF
Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles - Portuguese Bagpipe Society .'.
gaita - bagpipe - cornemuse - zampogna - dudelsack - bock - gaida - phìob - biniou - mezoued -zucra - duda - pipe - sackpipa
  Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola | Comprar | Orquestra de Foles Documentos  | Contactos

« Principal « Um Mundo de Gaitas « Duda
Um Mundo de Gaitas
Gaitas de Fole de todo 
o Mundo...
História
Origens, expansão, diversidade...
Gaita-de-fole em Portugal
Distribuição, tipos, contextos...
Morfologia
O que é uma
Gaita-de-fole?...

  
  
 
  
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)

Duda
Hungria, Transilvânia, Moldávia


Foto: cortesia Arany Zoltan

Hungria

Existem ditados populares entre os Húngaros, que atestam a familiaridade com o instrumento, tal como: “Em cada cabana, basta um gaiteiro”. A Duda é utilizada para acompanhar o canto e a dança e estava presente em cerimónias rituais como as do solstício de Inverno. Instrumento tradicional entre os pastores e agricultores, este instrumento apela de forma muito directa ao ambiente agro-pastoril, com o seu fole de pele de cabra, com o pêlo muitas vezes virado para o exterior. 
Em muitos exemplares assinalam-se também os ressoadores em chifre de bovino, seja para o ponteiro, seja para o bordão.

É um instrumento com tubo melódico cilíndrico, com palhetas simples de cana ou sabugueiro e tubos em madeira e corno, por vezes com incrustações de estanho e chumbo. As tonalidades mais comuns são Lá ou Lá bemol, entre outras.


Detalhe do ponteiro: notem-se as duas palhetas simples, o "buraco-pulga" no topo e o ressoador de corno (amovível), na parte inferior. O ponteiro incorpora dois tubos sonoros: tubo melódico (à direita) e bordão com dois tons (à esquerda).
(foto: cortesia Arany Zoltan)

Aqui pode apreciar-se com mais detalhe o ponteiro colocado na buxa, em forma de cabeça de cabra, talhada em madeira.

 

O ponteiro apresenta similitudes com o da Boha da Gasconha (França): é formado por uma peça de madeira com duas perfurações cilíndricas paralelas equipadas com palhetas batentes, simples. Estas eram originalmente em cana ou sabugueiro, mas mais recentemente utilizam-se outros materiais mais estáveis nos tubos das palhetas. A digitação do tubo melódico é fechada. O timbre da Duda é, contudo, mais “cheio” e com mais harmónicos devido à existência de um bordão grave.

Possui três tubos sonoros: um tubo melódico e dois bordões cilíndricos de palheta simples.
O tubo melódico apresenta seis orifícios frontais e um, o mais agudo, na parte traseira. Tem a gama de uma oitava. A afinação básica é no modo mixolídio, mas um pequeno orifício semelhante ao “buraco pulga” das Gaidas búlgaras (tocado com o indicador da mão esquerda) permite dar os meios tons e emitir uma escala cromática completa, com uma oitava. No caso da Duda, este orifício é feito numa espécie de taco, ficando sobrelevado em relação ao corpo do ponteiro.


Tocador de Duda 
(foto: cortesia J. L. Matte)

O tubo de acompanhamento emite duas notas, produzidas com o dedo mínimo da mão direita e utilizadas com fins harmónicos ou sobretudo de marcação rítmica. Nos ponteiros em Lá b estas notas costumam ser Lá b e Dó. O bordão cai paralelamente às pernas do tocador e afina na oitava inferior à tónica do ponteiro (Lá b).

Duda (277kb)
Excerto de Duda (Istvanfi Balazs Toronyalja).

É de notar que a Duda húngara, à semelhança de outras gaitas da Europa Central (checas, eslovacas…) apresenta uma cabeça de cabra talhada na bucha do ponteiro.








Associação Gaita de Foles, 2003 - Direitos Reservados

 


Início | Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola de Gaitas |
Comprar | Orquestra de Foles | Documentos | Equipa | English  | Links | Contactos
Powered by RRMerlin

Associação Gaita de Foles - direitos reservados