Associação Gaita-de-Foles A.P.E.D.G.F. APEDGF
Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles - Portuguese Bagpipe Society .'.
gaita - bagpipe - cornemuse - zampogna - dudelsack - bock - gaida - phìob - biniou - mezoued -zucra - duda - pipe - sackpipa
  Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola | Comprar | Orquestra de Foles Documentos  | Contactos

« Principal « Um Mundo de Gaitas « Dzhura Gaida
Um Mundo de Gaitas
Gaitas de Fole de todo 
o Mundo...
História
Origens, expansão, diversidade...
Gaita-de-fole em Portugal
Distribuição, tipos, contextos...
Morfologia
O que é uma
Gaita-de-fole?...
  
  
 
  
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)

Dzhura Gaida
Bulgária

Bulgária

É o tipo de Gaida mais comum na Bulgária, encontrando-se modelos semelhantes na Sérvia e em regiões da Grécia e da Turquia.
O tubo melódico (“Gaidounitsa”) da gaita na foto é em madeira de ébano (embora sejam mais habituais as de ameixoeira, damasqueiro e espinheiro) e tem anelado em corno e estanho. 
O soprete e o bordão aparentam ser em ameixeira ou damasqueiro e o fole é uma pele de cabrito curtida segundo o método tradicional. Para a implantação do soprete e dos tubos sonoros aproveitam-se as patas da frente e o pescoço.

Dzuhra Gaida (406kb)
Excerto de Gaida tocada pelo grupo Varna (Bulgária).

Normalmente, o ponteiro da Dzhura Gaida é cilíndrico, mas após medições cuidadas, a construção deste denota uma ligeiríssima conicidade, facto que eventualmente favorece a sua afinação e características tímbricas.

Tocador de Dzhura Gaida (foto: cortesia J.L.Matte)

Esta gaita-de-fole toca sobretudo nas escalas de Sol (nota emitida com todos os buracos tapados) ou em Lá (deixando o buraco mais abaixo aberto). A sua gama é de uma nona - desde Sol até ao Lá da oitava seguinte. É tocada com digitação fechada e é completamente cromática, para o que possui um pequeno orifício frontal, que se pode traduzir à letra por “buraco-pulga”. Esta característica é indispensável para a execução do intrincado repertório búlgaro e balcânico, em geral.

O ponteiro apresenta palheta simples - aquilo que em português designamos por “palhão” -, e o bordão está equipado com um palhão de formato semelhante. Note-se que nas Gaidas o bordão fica suspenso verticalmente, paralelo à perna do tocador.

A Gaida é considerada como um dos instrumentos mais emblemáticos da Bulgária, a ponto de aí se afirmar que não há casamento ou festa digna desse nome sem a presença deste instrumento. É utilizada tocando a solo, mas também acompanhada de percussões, como o Davul e a Darbouka, surgindo ainda integrada em agrupamentos, a par do Kaval (flauta de sopro directo), do Gadulka -espécie de viola de arco que se toca em pé, apoiado na anca ou na cintura -, da Tambura (espécie de Bouzuki), do clarinete ou de outros instrumentos.




Associação Gaita de Foles, 2003 - Direitos Reservados

 


Início | Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola de Gaitas |
Comprar | Orquestra de Foles | Documentos | Equipa | English  | Links | Contactos
Powered by RRMerlin

Associação Gaita de Foles - direitos reservados