Associação Gaita-de-Foles A.P.E.D.G.F. APEDGF
Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles - Portuguese Bagpipe Society .'.
gaita - bagpipe - cornemuse - zampogna - dudelsack - bock - gaida - phìob - biniou - mezoued -zucra - duda - pipe - sackpipa
  Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola | Comprar | Orquestra de Foles Documentos  | Contactos

« Principal « Gaita-de-fole « História
Um Mundo de Gaitas
Gaitas de Fole de todo 
o Mundo...
História
Origens, expansão, diversidade...

Gaita-de-fole em Portugal
Distribuição, tipos, contextos...
Morfologia
O que é uma
Gaita-de-fole?...

 

  

Índice
 

O que quer dizer "gaita-de-fole"?
 
Onde existem Gaitas-de-fole?
 
Qual é a sua origem?
 
O mito da "música celta".
 
Tubo cónico e tubo cilíndrico.
 
Gaitas "primitivas"?
 
Instrumentos musicais como objectos culturais.
 
A Gaita-de-fole: um instrumento, entre tantos outros.

 

  
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)

    

História
Breve descrição histórica


O mito da "música celta"

O mito de que este instrumento seria mais popular ou só existiria em exclusivo nos países ditos de "influência céltica" (Escócia, Irlanda ou País de Gales, por exemplo), também é falso, visto que a gaita-de-fole existe em praticamente todo o Mundo, ou pelo menos, no espaço mediterrânico e euro-asiático, com grande implantação e popularidade.

Mesmo a influência "céltica" das regiões acima citadas é discutível e relativa, se tivermos em conta que estas regiões foram povoadas por povos diferentes em períodos variados e tiveram interacção com muitas outras culturas das quais incorporaram muitos contributos: greco-romana, escandinava, anglo-saxónica (para referir apenas as principais), entre outras que se fizeram sentir ao longo de milhares de anos, até hoje.

De qualquer modo, não se consegue datar a introdução do instrumento gaita-de-fole nessas regiões antes da Idade Média.

É preciso também mencionar o impacto profundo das formas musicais dos Séculos XVI, XVII e XVIII, que modificaram todas as formas anteriores, em praticamente toda a Europa - e que estão na base de quase toda a música europeia actual e mesmo da "música tradicional" de muitas regiões.

A chamada "música celta" (que mais do que um género musical, é uma designação comercial da indústria discográfica moderna, sem preocupações de rigor histórico ou de exactidão) nada tem de céltico: a data mais remota para datar as escalas temperadas, modos, afinações, ritmos e instrumentos usados nesse género musical não vão mais além do Século XVI, na melhor das hipóteses. Aliás, uma grande parte da música "folk" Irlandesa e Escocesa tem origem directa na música Barroca, muito simplesmente.

Ou seja, o que hoje é erradamente chamado de "celta" é uma forma de música moderna, cuja distribuição e expansão recente por várias regiões, dá a ilusão de ter um passado comum muito antigo - o que não é inteiramente verdade.
Nem sequer se aproxima dos cânones da música medieval, uma das formas musicais mais antigas que se conhecem no espaço europeu e da qual se sabe muito pouco, apesar de se conhecer melhor do que a música tocada há 3000 anos atrás.

A seguir: Tubo cónico e tubo cilíndrico.


Associação Gaita de Foles, 2005 - Direitos Reservados

 


Início | Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola de Gaitas |
Comprar | Orquestra de Foles | Documentos | Equipa | English  | Links | Contactos
Powered by RRMerlin

Associação Gaita de Foles - direitos reservados