Associação Gaita-de-Foles A.P.E.D.G.F. APEDGF
Associação Portuguesa para o Estudo e Divulgação da Gaita-de-foles - Portuguese Bagpipe Society .'.
gaita - bagpipe - cornemuse - zampogna - dudelsack - bock - gaida - phìob - biniou - mezoued -zucra - duda - pipe - sackpipa
  Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola | Comprar | Orquestra de Foles Documentos  | Contactos

« Principal « Um Mundo de Gaitas « Small Pipe
Um Mundo de Gaitas
Gaitas de Fole de todo 
o Mundo...

História
Origens, expansão, diversidade...
Gaita-de-fole em Portugal
Distribuição, tipos, contextos...
Morfologia
O que é uma
Gaita-de-fole?...
  
  
 
  
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)
Espaco.gif (821 bytes)

Northumbrian Smallpipe
Escócia e Northumbria (Ilhas Britânicas)


Northumbrian Smallpipe com quatro bordões e fole mecânico, do constructor Dave Shaw (foto: cortesia Robert Smith).

Escócia

A influência da música barroca e sobretudo das gaitas-de-fole como a "Musette de Cour" francesa fizeram surgir nas ilhas britânicas, a partir do século XVII, vários tipos de gaitas desenhadas para tocar em recintos fechados, com timbres e volumes reduzidos - ao contrário da Great Highland Bagpipe. Esta necessidade surgiu também como uma resposta à proibição pelas autoridades britânicas de tocar Great Highland Bagpipe, após a insurreição dos Highlanders em 1745.
As G.H.B foram equiparadas a "instrumentos de guerra" e proibidas durante quase 40 anos. As Smallpipes são usualmente conotadas com a região sul da Escócia ou a fronteira entre a Inglaterra e aquele país, como se verifica no caso das Lowland Pipes, das Northumbrian Pipes ou, na Irlanda, das Uilleann Pipes. 
Border Pipes e Lowland Pipes significam literalmente gaitas "da fronteira", no primeiro caso, e das "terras baixas", no segundo.

Smallpipe
Excerto de Northumbrian Smallpipe em Fá, tocada por Richard Evans.
O tema intitula-se "Small coals and little money".

Em geral, as Northumbrian Smallpipes estão equipadas com um fole mecânico accionado pelo braço direito, que é usado para insuflar o fole flexível, dispensando a insuflação por sopro directo. Estas Smallpipes apresentam também uma digitação fechada, isto é, os dedos são erguidos um a um para fazer soar uma nota correspondente.


Detalhe de um ponteiro de Northumbrian Smallpipe: atente-se ao grande número de chaves e a sua palheta dupla de cana.

Tocador de Northumbrian Smallpipe.
Note-se o fole mecânico debaixo do braço
direito, preso ao braço e à cintura. 

Este modelo possui uma palheta dupla de cana ajustada num ponteiro de madeira de granadilho, de tonalidade Sol, que apresenta uma escala cromática com a extensão de duas oitavas. Os quatro bordões, com palhetas simples, estão colocados lateralmente numa buxa comum ("main stock"), sendo que dois emitem tons de Ré - uma e duas oitavas abaixo do tubo melódico, respectivamente - e os outros dois emitem tons de Sol, em duas oitavas diferentes.

O modelo de ponteiro fotografado possui sete chaves, que ampliam as possibilidades sonoras daquele instrumento e tornam possível tocar nos modos de Sol, Ré ou Mi menor, Lá menor ou Lá maior.

Outros modelos de Northumbrian Smallpipe, mais complexos, podem possuir seis bordões e ponteiros com até 17 chaves metálicas adicionais, que, além de tornarem possível tocar uma escala cromática com duas oitavas completas, permitem fazer "staccattos" e aumentam o número de modos possíveis.
As Smallpipes podem ser construídas em diversas tonalidades; em Sol, Fá ou Ré, por exemplo. Existem ainda modelos mais simples, sem chaves, que permitem fazer uma escala diatónica no modo mixolídio com apenas uma oitava (Scottish Smallpipes).


Exemplo de uma Scottish Smallpipe, com soprete ("Blowpipe") em vez de um fole mecânico, um ponteiro sem chaves ("Keyless chanter") e uma buxa comum ("main stock") para os três bordões. O exemplar fotografado é uma Scottish Smallpipe em Ré, em madeira de granadilho e buxo, com aplicações de latão e foi construída na oficina da Associação Gaita-de-Foles. O desenho é muito semelhante às chamadas "Montgomery Pipes". Os modelos mais antigos de Northumbrian Smallpipes tambem tinham esta configuração, mais simples e sem chaves.


Links:

Northumbrian Pipers Society
www.northumbrianpipers.org.uk
Página da Northumbrian Pipers Society, fundada em 1928.

Richard & Anita Evans
www.evansweb.co.uk
Construtores de Northumbrian Smallpipes, Scottish Smallpipes e Border Pipes, residentes em Cumbria, Inglaterra. O seu site possui várias fotografias dos instrumentos, processos de construção e exemplos sonoros.



Associação Gaita de Foles, 2005 - Direitos Reservados

 


Início | Gaita-de-fole | Sócios | Actividades | Notícias | Escola de Gaitas |
Comprar | Orquestra de Foles | Documentos | Equipa | English  | Links | Contactos
Powered by RRMerlin

Associação Gaita de Foles - direitos reservados